quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Eu não sei na verdade quem eu sou

Eu de novo com o TM


É de encher o coração só de escuta-los, ao vivo....é apaixonante


A trupe levanta a bandeira da música livre de qualquer rótulo, e leva adiante a poesia em forma de musica, em seus mais variados ritmos.....


No palco....uma sintonia perfeita.....


Vou postar apenas o link do video "Eu não sei na verdade quem eu sou"


O video por si só ...é de emocionar


A musica....resumi....o qto nossos problemas são pequenos...diante da adversidade da vida


Fazer o próximo sorrir, mesmo que por segundos....diante das dores da vida....é como realmente encontrar o paraiso diante do sorriso puro e sincero.....do que realmente fica....em seus corações....

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

A Poesia prevalece


Seja ela nas mais diversas expressões
de amor, de desilusão, 
de alegria, de tristeza
da vida, de vida....

A Poesia prevalece..
cantada, escrita, 
rimada ou vivida...




sábado, 25 de setembro de 2010

Adiante

Pensando na minha vida no hoje
Vejo os olhares que procuram a mesma direção
Sem ter muito o que convencer
Eles querem comigo vencer

Lembrando do que no passado ficou
No presente vivido, doido
Sei que posso confiar
E contigo acreditar
Que no amanha vamos brilhar

Sem pressa, a sede de vencer
Contigo quero trilhar
Os caminhos sonhados
Dos desejos nossos instalados
No amanha acontecerá



sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Abrigo

Anestesiada em sentidos
As lembranças em meu peito
Feito copo cheio
Meus olhos transbordam

O que talvez nunca seja dito
Se faz presente no hiato
Do hoje, e talvez do amanhã
E na duvida, me calo

O que plantado foi no meu coração
Com o sorriso de antes cativante
Do verso lindo cantante
Sem o brilho de antes, adormecerão

A presença constante que se não faz
Do lindo anoitecer a mais quente madrugada
O querer amanhecer compartilhando o sorriso
E saber q meu coração é o teu abrigo


Acordar !

Sentindo o vento que corre

Já não perco o sentido

De outra hora que o vento  levou

E o encanto de outro dia

Já se faz adormecida

Sem o beijo da despedida


terça-feira, 21 de setembro de 2010

Pra sempre


Há pessoas que nos acompanham somente na alegria...

Há pessoas que nos acompanham somente na tristeza...

E há pessoas que nos acompanham simplesmente com o seu coração...

Essas sim...nos fazem prevalecer ...

Diante da luz...

Que nos fazem sempre....renascer !!!
....

Dedicado a todas as minhas amigas e (os) que eu amo em especial minha amiga Cá.....

A Primeira Semana - O Teatro Mágico

Hoje eu vou postar um vídeo e letra de "A Primeira Semana" de O teatro mágico. Vale a pena ler e escutar, poesia em forma de música.


Antes que o tempo, a Clave
De Fá Do Si La Sois
Antes da noite, uma tarde
Pra cada um de nos
Antes do barco, a chuva
Antes da roda, o frio
Antes do vinho, a uva
E a fruta que não caiu
Fez dessa Terra um cenário
Pras peças que nos pregaram
Fez bico de pena e diário
Pra escrevermos a regra e a exceção
Criou o perdão e o pecado
Criou a dor e o prazer
Criamos o certo e o errado
E o orgulho pra nos esconder
Do que prevalece em nós...
Antes que o tempo, a clave
Sustenidos e bemóis
Antes do inteiro, a metade
Uma outra parte de nós
Antes do vôo, o tombo
que é pra não chorar
Antes tarde do que nunca, pra nunca mais demorar
Antes do homem o medo
Antes do medo o amor
Antes do amor a dúvida
Pois nem Deus sabe quem criou
E o que prevalece em nós
Exílios calados quimeras que exalam sós (2x)
E tudo que eu criar pra mim
Vai me abraçar de novo semana que vem
E tudo que eu criar pra mim
Vai me abraçar de novo
Vai me negar também
semana que vem
Antes que o tempo acabe...

video

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Amizade

Ter amigos, e como ter um refugio
Um refugio, onde corremos para nos abrigar
E la encontramos, sem ter que pedir
O abraço que nós fazem em seu peito ressurgir
O olhar que ilumina o caminho, quando ja não está tudo claro
As mãos calejadas tanto quanto as minhas, mas que amparam sem hesitar
E deles escutamos, as palavras que acalenta nossos ânimos, o eu te amo
Mas não apenas com palavras que queremos ouvir
Mas com as verdades que nos fazem adiante querer seguir


sábado, 11 de setembro de 2010

Em qualquer lugar

Pessoas são e serao pessoas em qualquer lugar
Pessoas que nem sempre acertam, e as nem sempre erram
Pessoas que vivem, e as que acham que vivem
Pessoas que são livres, e as que acham que são
Pessoas com medos, aflições, e as que acham que não tem
Pessoas que fingem, e as que não sabem fingir tão bem
Pessoas que mudam a todo momento, e as que mudam qdo necessário
Pessoas que arriscam, e as que são cômodas com o que as convém
Pessoas que gostam de desafios, e as que não os encara
Pessoas que apreciam o belo, e as que apreciam suas mutações
Pessoas que gostam apenas de ver, e as preferem apenas sentir
Pessoas que gostam de ouvir, e as que nem sempre entendem o que ouvem
Pessoas que se comovem sempre, e as que quase nunca choram
Pessoas que gozam do tempo, e as quem tem pressa
Pessoas são e serão pessoas em qualquer lugar
Nem sempre precisamos amá-las, mas não precisamos ignorá-las
Nem sempre precisamos entendê-las, mais ao menos tentar
Nem sempre precisamos tolerá-las, mais ao menos respeitar


domingo, 5 de setembro de 2010

Poesia

Como expressar nas palavras, os gestos que queria fazer, as coisas que gostaria de ver, os belos amanhecer e entardecer, e o sombrio morrer... faltam-se falas.

Mas ao expressar ... o simples fato de escrever, falar
Nada existe para preocupar...
 nada pode deturpar
O sorriso, o olhar ...
A saudade que faz chorar...
O gesto por beijar...
A vontade do querer...comover e alavancar 
E o puro e simples fato de se 
apaixonar...

R.Russo


quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Acredite....

 
Se eu pudesse dizer ao mundo só uma coisa, seria que estamos todos bem
E para não se preocuparem com esses dias desleais
Por pior que pareça a escuridão a frente, o sol não tardará a nascer
Mas não tenho muito a dizer, além de escutar suas tristezas
Não importa o que te façam de mal
Não importa, se te digam mentiras
Não importa se te julgam
Sim... minhas mãos, e minhas palavras estão distantes
Mas sinta e acredite na verdade daquele que nos olha
Acredite que somos os olhos de Deus
Sinta e acredite que somos as mãos de Deus
Sim... minhas mãos, e minhas palavras estão distantes
Mas eu ficarei de joelhos e rezarei
Para que a justiça sempre prevaleça
Sim... minhas mãos, e minhas palavras estão distantes
Mas sinta e acredite, na verdade que ecoa do meu coração

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Estigmas

Não adianta querer tentar mudar o que já foi feito
Não adianta querer tentar ser o que não se consegue ser o tempo todo
Não adianta muitas vezes tentar consertar o que foi dito
Não adianta tentar convencer ao contrario o que passa a ser cômodo para os outros
Não adianta tentar esfregar os olhos para tentarmos ver melhor através da nevoa diante de nos
Não adianta colocar uma musica romântica de fundo para falar o que há de pior a ser dito
Não adianta forçar um sorriso, qdo na verdade o que se quer é chorar
E não adianta chorar, pelas feridas que foram abertas...
Um dia elas tornaram cicatrizes.....estigmas
Estigmas que qdo alguém que tbm possue as olharem...saberão o que elas realmente significam......

 
temas blogspot - mario jogos